— Moka  —

A cafeteira italiana, também conhecida como Moka, foi inventada em 1933 por Alfonso Bialetti. Deu-se esse nome em homenagem à cidade Moca no Iêmen, muito famosa pela qualidade de seu café.

Não é exagero dizer que a criação revolucionou o modo de preparar o café e foi graças a ela que o espresso se popularizou na Itália. Segundo a história popular, Bialetti teve um lampejo enquanto observava uma máquina de lavar rudimentar utilizada por algumas lavadeiras. Surgia a moka, uma cafeteira a vapor.

A Moka

A moka é feita de alumínio, existem em Aço Inox e Aço cirúrgico, bem mais caras. sua forma mudou muito pouco dos anos de sua criação até hoje. Apesar de manter o formato semelhante ao original, a cafeteira inovou na sua tecnologia para produzir o café e até ganhou versões coloridas.

De 1933 até os anos quarenta, a produção da cafeteira era à mão e fazia sucesso no mercado local. Após isso, com um toquinho de publicidade, a moka ganhou espaço no modo de produzir café na Itália, e foi super importante na história do país.

Não raro, as pessoas também chamam esse método pelo sobrenome do inventor e as cafeteiras Bialetti hoje são sinônimo de café da melhor qualidade.

Não faça erros como deixar o café ferver na cafeteira e utilizar moagem de pó inapropriado.

  • O correto é uma moagem de grau médio para grosso, pois o pó fino impede a passagem da água
  • Adicionar umas gotinhas de água gelada na parte superior para evitar que o café se torne amargo.
  • Prestar atenção na hora que a água tiver subindo: quando começar a subir, é hora de retirar a cafeteira do fogo.
  • Para açucarar use uma vasilha de aço coloque o cafe e o açúcar e mexa depois é so tomar, muitos preferem o café sem açúcar, não use adoçante, no limite somente Stevia mesmo tendo sabor ruim.