Título de Cidadão Ituano para nosso Diretor

25/11/2019

Cidadania honorária é um título de honraria que uma pessoa de importância recebe de alguma localidade. O título de cidadão equipara a pessoa homenageada a uma adoção oficial. A pessoa agraciada passa a ser um irmão, um conterrâneo, uma pessoa da terra natal. Mesmo que um homenageado não tenha nascido ou não resida na localidade, para que se lhe conceda tal homenagem, faz-se necessário que se diga o que ele (homenageado) fez, sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais, em defesa do povo da localidade que lhe concedeu tal cidadania.

 

No dia 25/11/2019 será entregue para o Sr. Andrea Ruggeri Presidente da Associação Italia - Brasil Ordem e Progresso o Titulo da Cidadania Ituana, com Decreto Legislativo n 454 de 26 de junho de 2019, proposto pelo Vereador Ginevaldo Soares da Silva (Giva) e aprovado pelo 13 Vereadores presentes na data.

Mas para quem não sabe, porque foi feito este Decreto Legislativo e porque nosso Diretor do Site e Presidente de Ordem e Progresso foi agraciado?

Andrea Ruggeri italiano de nascimento, se mudou para itu no ano de 1991. Entre suas atividades teve pelo Cônsul Geral de São Paulo da epoca o encargo de Correspondente Consular do Consulado Geral da Italia, tendo produzido mais de 50.000 processos, entre cidadanias, aposentadorias, registro militares, e entrega de remédios para necessitados italianos das redondezas. Nos mais de 20 anos de cobertura deste encargo, em Itu mais de 5.000 pessoas puderam receber seus direitos de Cidadania Italiana graças a ele, e no restante da região, mais de 3000 familias se beneficiaram dos seus serviços.

 
1995 Curso de Lingua Italiana para Crianças
1995 Curso de Lingua Italiana para Crianças

Como Correspondente do Consulado da Itália e sendo pessoa ativa na Comunidade teve os Encargos de Presidente do Patronato SIAS, a nível Nacional e depois de Conselheiro MCL (Movimento Cristão dos Trabalhadores), Fundador e Primeiro Presidente do Centro da Emigração Italiana, Fundador e Primeiro Secretario em São Paulo da FECIBESP (Federação das Entidades Culturais Italo Brasileiras do Estado de São Paulo), organizando em Itu nestas funções em 1992 o Curso de Arte na gestão do Prefeito Sérgio Henrique Prévidi, em 1993 o Curso de Lingua Italiana para Crianças, que teve apoio da Prefeitura Municipal da Estância Turistica de Itu antes com o Prefetto Lazaro José Piunti, Circolo Italiano, Leonor Zapparoli, Salvador Carpi, Don Amaury Castello, Consulado da Itália (Correspondente Consular em Itu) Governo da Italia ex-Legge 153, Professoras e Diretoras das Emeis e Secretaria da Educação, Patronato Enasco depois com os Prefeitos Leonel Salvador, novamente Lazaro José Piunti, e Herculano Castilho Passos Júnior, curso hoje ministrado em varias cidades do pais exatamente nos moldes inventados pelo Professor Andrea Ruggeri, e que em Itu durou quase 14 anos com mais de 2000 estudantes formados

 
Primeira Turma com a Presença da Cantora Mafalda Minnozzi e Paul Ricci.
Primeira Turma com a Presença da Cantora Mafalda Minnozzi e Paul Ricci.
Crianças do Curso cantando Junto com Mafalda
Crianças do Curso cantando Junto com Mafalda

Junto a este projeto nosso agraciado organizou em 03/03/1997 o projeto Lingua, Teatro e Musica, com participações de artistas como o Grupo de baile de Salto e a Cantora Italiana Mafalda Minnozzi junto com o grande guitarrista Italo Americano Paul Ricci. O projeto alem do Professor Andrea Ruggeri, das Professoras Emanuela Bracali Cargnelutti e Giulietta  Conci Maggio teve apoio da Prefeitura Municipal da Estância Turistica de Itu, Prefetto Leonel Salvador e Lázaro José Piunti, Circolo Italiano, Monsenhor Ferrarini, Consulado da Itália, Governo da Italia ex-Legge 153, Professoras e Diretoras da Secretária da Educação. Apoio do nosso www.italia.org.br site da Itália no Brasil. O projeto durou perto de 8 anos e formou mais de 600 alunos, entre estes muitos que saíram do Projeto do Curso de Lingua Italiana para Crianças

Duas crianças na epoca tiveram a possibilidade, gratuitamente, de viajar ate Italia com o Professor com o apoio do Governo Italiano da epoca e da Associazione MCL. 

 

Em 10/01/1998 abriu sempre em Itu o Projeto Tradição Italiana. O projeto trouxe para as cidades (na epoca) de Itu, Salto e Sorocaba, varias iniciativas, como a Festa da Italia em Itu (que existe ate hoje), Shows de musica Italiana com artistas importantes, Exposições sobre Comedia da Arte Italiana, Bale tradicional Italiano em Salto e Itu, Teatro em Italiano, e em Dialetos qual Lybellum, Exposições sobre Mascaras de Veneza, Cursos de História da Arte Italiana, Curso sobre o Jogo da Scopa com cartas tradicionais italianas, pesquisa publicada da Emigração Italiana em Itu e arquivo elettronico dos Italianos no Brasil. Primeiro, segundo, terceiro e quarto encontro dos Empreendedores italianos no Brasil, com a presença do Senador da Itália na Epoca e Vice Presidente da Comissão do Senado da Itália de Direito Humanos Enrico Planetta, Do Cônsul Geral da Itália Ministro Stefano Alberto Canavesio, do Presidente do Comitês e Conscre Joao Pieroni, do Prefeito de Itu Herculano Castilho Passos Júnior e mais 7 Prefeitos das redondezas entre estes Sorocaba, Porto Feliz e Indaiatuba, Salto, Campinas, Tiete, Jundiaí, os Vice Cônsules de Santos, Jundiaí e Campinas e mais de 200 empreendedores e hospedes em cada encontro.

 
Thiago Lacerda com Andrea Ruggeri
Thiago Lacerda com Andrea Ruggeri

Em 19/10/1999 a participação das entidades dirigidas pelo Andrea a Novela Terra Nostra, que com certeza se tornou uma das maiores e ben sucedidas produções sobre a Emigração Italiana nas Américas, O Diretor Jaime Monjardin Matarazzo (amigo e parceiro do Andrea Ruggeri) beirou a perfeição na Epoca, a novela foi uma das poucas vendidas também para TV Italiana.

58 atores boa parte com falas em italiano ou dialetos, gírias e muito mais. 

Varias associações participaram entre estas o CEI. Durante as gravações foi o CEI na pessoa do seu Presidente Andrea Ruggeri que trosse equipes da RAI 1 e Rete Quattro ate os Estúdios Globo (anteriormente chamado de Projac, abreviatura de Projeto Jacarepaguá) no Rio de janeiro, um dos locais aonde a novela estava sendo filmada, proporcionando um enorme interesse na Italia e nos anos seguintes a compra pela Rete Quattro do Grupo Mediaset da Novela

 
Ana paula Arosio com Andrea Ruggeri
Ana paula Arosio com Andrea Ruggeri

Nas fotos o Presidente Junto com os atores principais Ana Paula Arósio e Thiago Lacerda, nas fotos com os bones do site parceiro nascido na cidade de Itu e Sorocaba www.italia.org.br .

Na epoca numa interessante coincidência, a atriz Ana Paula Arósio adquiriu, um imóvel exatamente no Bairro do Jacuhú, onde chegaram os primeiros imigrantes italianos no município de Itu, no final de 1800 como conta a novela. O Sítio lhe foi vendido por Cláudio Daldon - bisneto de João Batista Daldon (Giovanni Battista Daldon), um dos pioneiros do Jacuhú. Sendo que a atriz morava em Itu, muitas associações empolgadas com a possibilidade de vela pessoalmente, foram com a organização do CEI até a tradicional Festa do Jacuhú que ocorre anualmente no mês de outubro, na cidade de Itu/SP, ocasião em que famílias inteiras se reúnem para fazer orações e confraternizar. A tradição remonta aos costumes de imigrantes italianos (em sua maioria oriunda de Trento), fundadores do Bairro do Jacuhú, situado na zona rural do município e distante 12 quilômetros da região central.

Este feito ficou registrado da Rai 1 no Jornal Nacional da emissora da Italia, pelo Jornalista Paolo Di Giannantonio (amigo e parceiro na epoca do Centro da Emigração Italiana), ainda hoje ancora da primeira rede da TV italiana.

 

Dos Professores que ajudaram os atores nos diálogos gírias e conversas em italiano e em dialetos da epoca da emigração si deve também a compreensão do sucesso da telenovela Terra Nostra, no Brasil e na mesma Itália, considerando a reedição realizada pela Retequattro, emissora privada que adquiriu os direitos de exibição.

A obra criou uma rede dialógica entre dois países em uma interdiscursividade polifônica que ressoou no presente italiano, o seu passado, prenunciando um futuro passado: o fazer a América.

Quase nada os jovem sabiam sobre a Emigração italiana no Brasil, sejam eles do Brasil como da Italia, uma verdadeira descoberta. Depois da novela Terra Nostra a compreensão da emigração como perda, mas também construção de um novo mundo, nostalgia e saudades, dialeto atual o Talian (Dialeto antigo ainda falado no sul do Brasil), mudou muito a concepção e percepção da Historia da Emigração italiana, e disto nos e principalmente Andrea Ruggeri fizemos parte ativa, com orgulho, trabalho e muita dedicação.

Azzurra Qualidade de Vida

Fundadores do Projeto Azzurra qualidade de Vida o Professor Andrea Ruggeri junto com Gilberto Lemos Atalla (Giba), desenvolveram um projeto voltado as crianças de origem italiana e não, unindo esporte, língua Italiana e escola.

Campioni Giochi della Gioventù Rio de Janeiro
Campioni Giochi della Gioventù Rio de Janeiro

Inspirados pelo saudoso e grande Gibão (pai de Gilberto) e por Muricy Ramalho, na epoca tecnico do Ituano e socio de empreendimento de Futebol com Giba e o Pai.

Atuando principalmente no futebol, com a Azzurra Soccer Stars, realizando também e projetos ligados as disciplinas como atletismo (2 medalhas no mundial militar na Itália), natação (9 medalhas nos Jogos da Juventude em Roma) e basquete.

Participação a três Jogos da Juventude (Giochi della Gioventù) tendo conquistado varias medalhas e ter proporcionado as crianças lazer e diversão. Também conquistamos com os times de futebol de salão, grama sintética e campo, 7 títulos no Estado de São Paulo, uma Brazilian Cup na Granja Comary e o Torneio dos Jogos da Juventude no Rio de Janeiro.

 

A Azzurra junto com o Centro da Emigração Italiana foi também o organizadora do Ferrari Day de Itu por 3 edições, com a exposição do Ferrari F1 do Campeão mundial de F1 Michael Schumacher e formou em suas filas meninos que viraram famosos como Bernardo que jogou no Vasco da Gama, Lucas no Paris Saint-German e Tottenham, Rafhina no Porto, Everton Kaká no Nacional do Portugal, William Arão do Flamengo e muitas crianças que viraram adultos no esporte e na vida.

Azzurra Soccer Stars

Azzurra Soccer Stars competiu por 7 anos em campeonatos de futebol de salão, grama sintética e campo, nas categorias Fraldinha, 8/9 anos, Pré-Mirim 10/11 anos, Mirim, 12/13 anos, Infantil 14/15 anos e Juvenil 16/17 com o nome Osasco na Copa São Paulo de Futebol Junior (Copinha). Ganhou 7 títulos no Estado de São Paulo, uma Brazilian Cup na Granja Comary e o Torneio dos Jogos da Juventude da Itália no Rio de Janeiro.

Pontos altos foram também as vitorias na primeira fase da Copinha e em 2006 no Estádio "Dr. ´Alvaro de Souza Lima" aonde Azzurra goleou na categoria Juvenil o Atletico Paulista por 8 gol a 0.

Do mesmo ano a vitoria na Granja Comary em Teresópolis (sede da Seleção Brasileira) na Série Ouro, Gilberto e Andrea juntos com as familias e os garotos conseguiram realizar o sonho: 

"levar GAROTOS DE UM PROJETO SOCIAL A GANHAR, NO MAIOR CAMPEONATO DA CATEGORIA, NA AMERICA LATINA", e colocando as bases para o futuro deles.

O Jornal de Teresópolis da epoca escreveu "A maior competição de futebol amador da América Latina reuniu em sua última edição, 1400 atletas vindo de todos os cantos do Brasil e ainda de quatro outros países: Estados Unidos, Argentina, México e África do Sul. O Brazilian Cup, que aconteceu pela sétima vez nos campos da CBF, em Teresópolis, teve sua abertura, no dia 11 de julho. Foram cinco dias de disputa e mais de 100 jogos, reunindo atletas de 11 a 17 anos, num total de 54 equipes que se enfrentaram nas modalidades Copa Ouro e Copa Prata .

Teresópolis foi bem representada pelos times Palmeirinha e Escola de Desportos Jefferson Tricano, ambas projetos sociais. O primeiro recebeu medalhas de prata da série principal, ficando em segundo lugar no sub 13 num jogo disputado contra a equipe paulista Azzurra Soccer Stars que venceu com o placar de 2x0. Unico jogo sem goleada da Azzurra Soccer Stars que ganhou todos os jogos do campeonato, subindo somente um gol e marcando mais de 20.

Mais um projeto deste novo Cidadão Ituano, na epoca.

Mais de 500 crianças e jovens participaram do Projeto, tendo alimentação, campos para treinos e jogos, ônibus para translade, locais para estadia, sede com lavanderia, salas para descanso, salas de aulas na Rua dos Andradas, sede do Centro da Emigração Italiana etc etc que teve alem do sacrificio dos fundadores e suas familias o apoio da Prefeitura da Estância Turistica de Itu, CEI Centro da Emigração Italiana, CONI Brasil, Consulado Geral da Italia do Rio de Janeiro, Cônsul Geral da Italia em São Paulo Massimo Bellelli e de varios empresários e amigos como Marsilio Rossi, Paulo Akira, Sergio Lourenço, Cecília Ivani Schincariol, Élcio Spinassi e o site www.italia.org.br .

O Projeto começou na cidades de Itu, passando depois pelas cidades de Alumínio, Osasco, Atibaia e Jarinú, proporcionando qualidade de vida e sonhos a muitas crianças.

Projeto Premio italiano CEI e depois Ordine e Progresso, criado em 01/01/2000 em Itu, ainda hoje conferido aos Italo Brasileiros, Brasileiros e Italianos que mostraram amor aos dois países com suas ações e fizeram grandes feitos sem visar lucros, interesses pessoais ou profissionais.

Festa Italiana em Itu

Antes da atual Festa Italiana de Itu como reportou a Revista Campo & Cidades - Itu teve festa italiana sem a participação da Igreja. Antes da comunidade católica da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Candelária se envolver com a organização da Festa Italiana de Itu, a cidade já havia tido três festas do gênero. Segundo o representante consular da Itália em Itu/SP, Andrea Ruggeri, a primeira Festa da Comunidade Italiana em Itu aconteceu em 1998, tendo sido organizada pelo Correspondente do Consulado Geral da Itália e pelo Centro de Imigração Italiana, Círculo Italiano e Patronato Sias (Serviço Italiano de Assistência Social). A festa surgiu a partir das solenidades de formatura dos cursos de idioma italiano que chegaram a atender até 2 mil alunos, entre crianças e adultos. 

A primeira festa foi no Ituano Clube, teve show de Mafalda Minnozzi e Paul Ricci, e atraiu um público de 3,5 mil pessoas em três dias, o qual pode ver de perto a Ferrari do então piloto alemão de Fórmula 1 Michael Schumacher partecipante do projeto Azzurra Qualidade de Vida. A festa se repetiu nos anos seguintes com eventos compartilhados entre Círculo Italiano, Fazenda do Chocolate e o antigo shopping Boulevard, além de outros locais que também chegaram a receber exposições fotográficas e palestras, como o quartel de Itu.

Em 2002, na primeira Festa Italiana de Itu, organizada já pela Igreja, quando a família Ferrarini foi homenageada no salão paroquial da Matriz, foi feito este registro fotográfico.

Atualmente mesmo atuando na Itália em Projetos Internacionais e como Jornalista e Leader da Comunidade Italiana na Alesp em São Paulo e em Brasilia na Presidência da Republica, Andrea Ruggeri, dirige o Site Italia e a Associação Italia - Brasil Ordem e Progresso, atendendo sempre a cidade de Itu, aonde mora o filho e suas netas e aonde nasceu também sua filha. 

Desafio encontrar um Italiano, mais Ituano do Andrea, Titulo de Cidadania Ituana merecido? Eu acho que sim e vocês ?

Cris Vicente

Fontes: Prefeitura de Itu, Camara dos Vereadores de Itu, Revista Campos & Cidades, Ong Bambini Urgente, CEI, Jornal de Teresópolis, Wikipédia, Rede Globo, RAI Italia, Rete Quattro, Alesp, Consolato Generale Italia a San Paolo, Governo da Itália MAE, Fazenda do Chocolate, TeresopolisON.com,.