Programa Especial Italiano, da Odebrecht

23/08/2019

Programa Especial Italiano - tem gente que espera em um passeio na casa da nonna, com uma deliciosa comida italiana, muita conversa e gesticulando, risadas, quase gritando, mas desta vez a historia do Programa Especial Italiano é diferente.

Cerca de 80 Policiais Federais participam da ação e cumprem ainda 11 mandados de busca e apreensão em São Paulo e na Bahia. 

Policia Federal a investigação esta chegando perto de Lula (outra vez) e Dilma
Policia Federal a investigação esta chegando perto de Lula (outra vez) e Dilma

A Polícia Federal deflagrou nas manhãs de quarta, quinta e sexta feira 21/22/23, a 63ª fase da Operação Lava Jato, chamada Carbonara Chimica, para investigar a suspeita de pagamentos periódicos indevidos a dois ex-Ministros de Estado por parte da Odebrecht. A ação apura crimes de corrupção ativa e passiva, além de lavagem de capitais.

Agentes cumprem dois mandados de prisão temporária contra Maurício Ferro (já preso), ex-vice-presidente jurídico do grupo e cunhado de Marcelo Odebrecht, e Nilton Serson, advogado. Bernardo Gradin, ex-presidente da Braskem, a ex-presidente da Petrobras Graça Foster e André Esteves, do BTG Pactual são alvos de buscas.

Ex Presidente Petrobras Graça Foster
Ex Presidente Petrobras Graça Foster

A Justiça Federal determinou o bloqueio de R$ 555 milhões dos investigados.

A Polícia Federal comunicou que o nome da operação remete aos codinomes dos investigados nas planinhas da Odebrecht 'Italiano' e 'Pós-Itália' se referia no primeiro caso a Antonio Palocci e no segundo a Guido Mantega, ex-ministros dos governos Lula e Dilma.

Palocci fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal na Operação Lava Jato. Preso em setembro de 2016, na Operação Omertà, e condenado pelo então juiz Sérgio Moro a 12 anos e dois meses de reclusão, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, tenta se redimir como ele mesmo falou.

A planilha de corrupção na Odebrecht neste caso é denominada 'Programa Especial Italiano'.

Presidente Ass. Italiana Ordem e Progresso, Raul Gil e Dep. Castello Branco visita a SBT
Presidente Ass. Italiana Ordem e Progresso, Raul Gil e Dep. Castello Branco visita a SBT

O Deputado Estadual para São Paulo, de origem italiana, Oscar Castello Branco de Luca, presente a solenidade do dia do soldado no comando militar do sudeste não gostou muito da ligação do nome da investigação com a Itália. mas declarou que a justiça tem que fazer seu curso, e depois iremos festejar a justiça feita com um programa especial italiano. Boa Ideia Deputado Castello Branco estamos com o Sr e bom trabalho com nossa comunidade, estamos observando atentamente.