Olimpíadas 2026, ganha a Itália

24/06/2019

Milão-Cortina ganharam o prêmio dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2026, subtraindo o lugar de Estocolmo-Aare. Além da gratidão, no entanto, há algo a mais porque a Itália certamente fez um grande negócio do ponto de vista econômico. Além dos cerca de 20.000 empregos que serão criados entre hoje e 2026, o volume de negócios total estimado é superior a 4 bilhões de euros (18 bilhões de reais), contra custos muito inferiores aos do passado.

A Universidade Bocconi calculou que, com os 17 dias do evento, o volume total de negócios será de 4,2 bilhões, dos quais apenas 3 bilhões na Lombardia. Além dos recursos advindos dos direitos televisivos, patrocinadores e venda de ingressos para participar das diversas corridas, também foi calculado um benefício para o montante de 1,5 bilhão decorrente do consumo e das viagens das diversas delegações e visitantes. Contas de superávit também são fornecidas para o Estado. Além da contribuição do governo de 62,5 milhões colocados na chapa - revela outro estudo desta vez da Universidade La Sapienza de Roma - há 602 milhões de receita tributária, mesmo que sejam 415 milhões gastos para garantir a segurança. 

Os Jogos de Inverno são de menor custo e menor impacto que os tradicionais. Os dossiês para o trabalho, de fato, mostram que 80% das usinas existentes serão usadas. No total, portanto, o custo estimado é de 1,2 bilhão. Cerca de 900 milhões, no entanto, seriam cobertos pelo COI (Comitê Olímpico Italiano), enquanto os 300 milhões restantes seriam suportados pelas autoridades locais envolvidas. Além disso, estima-se que haverá 300 milhões de custos a dividir entre todos os Municípios e Regiões em causa: os concursos terão lugar em Milão, Valtellina, Cortina d'Ampezzo e Val di Fiemme.

O Presidente da Associação Nacional Ítalo Brasileira Ordem e Progresso Andrea Ruggeri e o Deputado Ítalo Brasileiro Oscar Castello Branco de Luca parabenizam o Governo da Itália e o seu Vice Primeiro Ministro Salvini pela conquista que traz muitas alegrias a tantos emigrantes que poderão ver pela TV muitas localidades de origem e muitas qualidade e organização nos eventos,  tipicas do povo italiano.