O parlamentar atribuiu, a corrupção persistente no Brasil, à imigração de italianos.

30/11/2019

Brasil e Itália têm longa tradição de relacionamento, com intenso diálogo político, intercâmbio de visões sobre temas internacionais atuais e proximidade social e cultural.

A Itália em 2019, é o pais que mais investiu no pais e a empresa que permitiu este resultado foi a ENEL.

Henrique Arantes (MDB), não esqueça este nome você italiano, italo brasileiro, brasileiro e simplesmente amante da Itália. Quando ira votar, e não esqueça o nome da legenda com a qual ira se apresentar este triste parlamentar de Goiás, eu e meus amigos goianos nunca mais iremos votar nele e no MDB se ele fizer parte deste partido.

O infeliz atribuiu, a corrupção persistente no Brasil, à imigração de italianos.

Infeliz discurso do tal de Arantes.
Infeliz discurso do tal de Arantes.

Nos italianos, Italo Brasileiros, descendentes no estado de Goiás e em todo o Brasil e Italia estamos aborrecidos com tal afirmações, estamos chocados e queremos imediata retratação do infeliz Deputado da Assembleia Legislativa daquele estado.

A VERGONHA de Goiás, é assim que a maioria dos italianos se dirigem ao personagem que ao falar, na quarta-feira 27, na CPI que faz averiguação do contrato da companhia de energia italiana ENEL, afirmou com discurso racista que: 

"os brasileiros aprenderam a ser corruptos com os italianos por conta da forte imigração".

Nem vou falar da ENEL, uma das maiores empresas de energia do planeta, a frente centenas de anos da maioria das empresas que este infeliz conheceu, e que ataca somente por interesses já conhecido no passado, tentando roubar o contrato da mesma em Goiás.

O FALSO representante, do povo Goiano (povo que ama a Italia e prestigia nosso pais, sendo um dos estados que mais visita como turista a bota a cada ano) ignorou a história, do Estado e do Brasil passando por cima de milhões de cidadãos que ajudaram e ajudam a construir Goiás e o Brasil, desrespeitou a memória desta nação e os importantes acordos industrias, comerciais e culturais, bilaterais existentes entre Brasil e Itália.

Henrique sua total má fé, colocam você nas escuras da ignorância e com certeza as suas infelizes palavras não são termometro de relevância para Itália, principalmente em Goiás, mas com certeza no cenário mundial, em qualquer setor, começando da Energia, sendo a ENEL entre as três maiores empresas do planeta, na moda, medicina, design, historia arte, alimentos, marcas como Luxottica, Murano, Ferrari, Lamborghini, Maserati, Bugatti, Alfa Romeo, Fiat, Ducati, Aprilia, MVAugusta, Armani, Zegna, Dolce & Gabbana, Prada, Gucci, Valentino, Fendi, Perfetti, Ferrero, Barilla e oltre 6000 nomes entre os melhores 20.000 mais falados do planeta, mas também no campo jurídico e na defesa dos direitos humanos, afinal leis trabalhistas e direito nasceram na Itália.

Em Goiás a Tiberina, Dolce & Gabbana, Emporio Armani, Intimissimi, Keliamed, Antares Vision, Alimentos SA, entre dezenas de empresas italianas, investiram recentemente e ou querem investir, ma depois da tentativa de passar a perna na ENEL e de ofender nosso pais, por parte deste infeliz, muitos destes investimentos terão uma analise profunda sobre e aonde colocam seu dinheiro.

Agradecemos nosso Embaixador Italiano Antonio Bernardini, pela resposta rapida e à altura em nota oficial, temos orgulho de nosso Embaixador, mas a comunidade esta farta de falta de respeito por parte de inúteis representantes que são até citados no site da Federação Nacional dos Policiais Federais em inquérito, quando Henrique Arantes ainda fazia parte do PTB, partido que foi expulso em setembro último. Naquela ocasião, em maio de 2009, o famoso contraventor Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira, parceiro da construtora Delta, comemorava, segundo informações da FNAPEF, favorecimento a partir da retirada de assinaturas de parlamentares sobre investigações em obras da Delta. Uma delas seria, segundo grampo telefônico revelado pelo site, a do deputado Arantes.

Uma vergonha para o estado de Goiás que tenta descreditar nosso pais, Arantes você ofendeu a Itália e o Brasil que faz parte dela, vergonha..


Embaixador Bernardini e Presidente Jair Bolsonaro
Embaixador Bernardini e Presidente Jair Bolsonaro

Comunicado da Embaixada da Itália

"A Embaixada da Itália em Brasília expressa firme condenação às declarações do deputado estadual Henrique Arantes por ocasião de seu discurso na Assembleia Legislativa de Goiás sobre a questão ENEL. O tom e o conteúdo das ofensas pronunciadas constituem um grave ultraje contra a comunidade de italianos e ítalo-descendentes no Brasil, cuja contribuição para o desenvolvimento das relações amistosas entre a Itália e o Brasil em qualquer campo não pode, de forma alguma, ser denegrida."

Como se diria em Calabria a Henrique Arantes "va curchiti", nos italianos temos uma coisa que você deveria saber, somos persistentes, lembra do recente caso Battisti, bom ate ver ele na cadeia não paramos de brigar, e agora simplesmente, o aconselho a pedir desculpas publicas aos italianos e a Itália, ou não vamos parar nunca, ate termos nossa satisfação.

A denuncia de racismo da comunidade de Goiás terá nosso total suporte e apoio, e vai parar somente quando vamos velo de joelho, e quem se sentiu ofendido com a fala, procure a delegacia de Polícia Virtual de Goiás para registrar boletins de ocorrência para que depois o parlamentar seja processado.

Djávlon

Aproveitamos e colocamos também as outras notas de repudio 


Rubens Bueno registra nota de repúdio a ofensas contra a Itália

O deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR), presidente do Grupo Parlamentar de Amizade Brasil-Itália na Câmara dos Deputados, registrou, na sessão legislativa da última quarta-feira (27), a nota de repúdio da comunidade italiana de Goiás, em vista das declarações do deputado estadual Henrique Arantes (MDB) que vincularam a Itália e seus cidadãos à máfia e ao crime organizado. O documento foi encaminhado a Bueno pela Associação Veneziana Pró-Festival Italiano (AFESTI) de Nova Veneza, em Goiás.

Diz a nota:

Nova Veneza, 27 de novembro de 2019.

A comunidade italiana residente no estado de Goiás, por sua Associação Veneziana, vem externar seu veemente repudio às declarações do deputado estadual Henrique Arantes que, da tribuna da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (ALEGO), irrogou graves ofensas à comunidade italiana, por ocasião de seu pronunciamento contra a Enel Goiás.

Ao vincular a Itália e seus cidadãos à máfia e ao crime organizado, como irresponsavelmente fez o deputado, este parlamentar dá clara demonstração de seus sentimentos xenófobos e preconceituosos, esquecendo-se que a República Federativa do Brasil e sua constituição criminalizam este tipo de conduta.

O deputado demonstra total desconhecimento ou má fé, com relação à história do Brasil e de Goiás, pois foram os imigrantes italianos responsáveis por ajudar a construir a riqueza da Nação e do Estado de Goiás, por conta de numerosos da comunidade italiana no Brasil.

Repudiamos o triste evento porque não se coaduna com a postura e o decoro de que se espera de um parlamentar. A comunidade italiana exige respeito e retratação do deputado, assim como medidas da comissão de ética da ALEGO para apuração de eventual quebra de decoro parlamentar.

Assinam: Hermione Stival Moreira (Presidente) e comendador Oswaldo Stival (ex-prefeito de Nova Veneza).