Janaina Paschoal Candidata a Presidente da Alesp

19/02/2019

Mulher com mais de 2.000.000 de votos para Deputado Estadual, lança sua candidatura a Presidente da Alesp, e lideres do Psl e todos os Deputados da legenda assinam apoio a Deputada, e junto estava também o ativista e Deputado eleito pelo DEM Arthur Mamãe Falei.

Senador Olimpo, Janaina Paschoal, Deputado Castelo Branco e bancada PSL em apoio
Senador Olimpo, Janaina Paschoal, Deputado Castelo Branco e bancada PSL em apoio

Nosso jornalista Djávlon esteve presente e disse "é um momento histórico, este partido (PSL) ira fazer batalhas para tudo, não vai mais existir coisa fácil para roubar o dinheiro dos brasileiros, a PSDB junto com o PT ??, a população já votou, e quer mudanças, o político vai pensar mais antes de cometer crime, a musica agora é outra". No local muita gente apoiadores e jornalistas ao slogan "Ales decente, Janina Presidente" grupos de jovens da Direita São Paulo, muitos apoiadores e os Deputados  mais aplaudidos como o líder dos jovens e das mulheres e o Deputado Capitão Castelo Branco, chamado de Capitão Nascimento, muito querido pela ala militar e os Italo-Brasileiros.

Quem é Janaina Paschoal: Janaina Conceição Paschoal (São Paulo, 25 de junho de 1974 é uma jurista e política brasileira, filiada ao Partido Social Liberal (PSL) e eleita deputada estadual do estado de São Paulo. É advogada e professora da Universidade de São Paulo.

Obteve o grau de doutora em direito penal pela Universidade de São Paulo em 2002, orientada por Miguel Reale Júnior, com a tese Constituição, Criminalização e Direito Penal Mínimo. Atua na linha de pesquisa do direito penal econômico.

Foi uma das autoras do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff, junto com Miguel Reale Júnior e Hélio Bicudo, e participou ativamente na tramitação do processo na Câmara dos Deputados e no Senado.

Janaina Paschoal com o amigo Djávlon
Janaina Paschoal com o amigo Djávlon

Após ter trabalhado pelo impeachment de Dilma Rousseff, e após refletir sobre sua atuação futura na política e tendo convites de diversos partidos, Janaina aceitou o convite feito pelo Partido Social Liberal (PSL), atual partido de Jair Bolsonaro, para se filiar ao mesmo.

"No último dia do prazo, eu me filiei ao PSL. Muitas pessoas já ligadas à sigla me recomendaram. Com exceção de um ou outro ponto, o estatuto do partido confere com o que eu penso. Não há notícias de escândalos de corrupção envolvendo a sigla, ou seus membros. E não me filiei pensando em sair candidata ao cargo A, ou B. Eu me filiei com o intuito de ter a possibilidade. Se a filiação ocorresse depois do dia 07/04, uma eventual candidatura não seria possível", afirmou.

Discurso de Janaina como sempre a honestidade na frente.
Discurso de Janaina como sempre a honestidade na frente.

Inicialmente, as lideranças do partido em São Paulo a convidaram para encabeçar a chapa a governador pelo PSL, sendo recusado por ela. Também foram oferecidos outros cargos, inclusive a vice-presidência, cuja os pontos estariam sendo esclarecidos em conversas com Bolsonaro. Porém, no dia 4 de agosto de 2018, desistiu por razões familiares, uma vez que a família não poderia acompanhá-la à Brasilia.

No dia 14 de ago de 2018 anunciou que seria candidata a deputada estadual de São Paulo, tendo o numero eleitoral 17317, com pautas de educação e segurança pública. Foi eleita com 2.060.786 votos, 9,88% dos votos válidos, sendo a deputada estadual mais votada pelo estado de São Paulo e a mais votada do Brasil.