Italiano é esfaqueado na Virada Cultural de SP por dois travestis

22/05/2019

Polícia prendeu os dois travestis suspeitos de participação no crime

Italiano Alessandro Ducci após cirurgia - Reprudução TV Globo
Italiano Alessandro Ducci após cirurgia - Reprudução TV Globo

Dois travestis e dois comparsas deles foram presos, por esfaquear e roubar o celular de um italiano na noite da virada cultural.  

O italiano Alessandro Ducci de 28 anos de idade, foi agredido na praça da República, no centro de São Paulo e segundo o boletim de ocorrência da Policia Militar, ele mesmo reconheceu por meio de fotografias, Francisco Davi Barbosa de Brito de 18 anos, Aujean de Souza de Menezes de 22 anos, Elias Moreira da Costa o maior com 23 anos e Bruno Tavanete Pereira de 20 anos como os agressores. Tendo outro suspeito não identificado no momento da reportagem.

Alessandro foi abordado pelos travestis que ofereceram um programa sexual ao italiano, que istantaneamente recusou e ai começou uma discussão.

Alem dos travestis outros dois homens que estavam junto com eles imobilizaram Ducci ao chão e o esfaquearam repetidamente, perfurando seu intestino.

Varias testemunhas que presenciaram ao ataque chamaram o serviço de resgate e Alessandro foi levado ao pronto soccorro da Casa de Misericórdia no centro e ainda esta internado.

Alessandro relatou a policia ouvir eles dizer: 

é assim que você vai lembrar do Brasil

A Policia Militar afirmou que mais de 5500 pessoas foram abordadas e mais de 40 presas ao longo da virada deste ano, mostrando um belo trabalho, e  os agressores estavam ate o final desta reportagem detidos.

Precisamos acabar com esta sujeira de bandidagem, e as agressões contra turista e contra os mesmos brasileiros, a justiça mostre um exemplo FORTE e condene estes travestis e comparsa deles a uma longa permanência nas estruturas prisionais