Ferrari melhor motor do ano pela 4a vez seguida

17/07/2019

O motor do 488 GTB da Ferrari ganhou reconhecimento da revista Engine Technology International. Deixando pra traz o powertrain elétrico do Jaguar I-Pace e o 4-litro gêmeo-turbo V8 de Mercedes-AMG.

Há também um Oscar para os motores de produção e é autoritário, uma vez que é atribuído por um júri de 69 jornalistas de 32 países, entrevistado pela revista especializada Engine Technology International, publicada pela UKI Media & Events, que organiza a cerimônia de premiação. Desde 1999, quando eles foram fundados por Tony Robinson (CEO da empresa), os prêmios se tornaram algo mais que um reconhecimento. As montadoras estão super interessadas e os prêmios são sempre atribuídos a um motor incomum

Como italianos e Ítalo Brasileiros, é um prazer comemorar o sucesso absoluto do V8 twin-turbo de 3,9 litros da Ferrari, o montado pelo 488 GTB. No desafio final, ele ganhou de excelentes rivais, como o motor elétrico do Jaguar I-Pace (o carro do ano) e o motor V8 biturbo de 4 litros da Mercedes-AMG, que equipa os principais modelos do grupo alemão. Alguns dados sobre o vencedor: 670 cv de potência a 8.000 rpm, 760 Nm a 6.750 rpm, 0-100 km / h em 3 segundos, 330 km / h de velocidade máxima. Na versão Pista, os cavalos se tornam 721. Para o Cavallino é a quarta vitória consecutiva no evento, sempre com a mesma unidade.