Extradição Battisti com a Vitoria de Bolsonaro

25/10/2018

Com estas palavras Jair Messias Bolsonaro garantiu a maioria dos votos de Italianos e descendentes de italianos no Brasil, a Italia esta com este Battisti engasgado aqui....

Jair Bolsonaro 1️⃣ 7️⃣‏Conta verificada @jairbolsonaro Há 15 minutos (13:05)

Riaffermo qui il mio impegno di estradare il terrorista Cesare Battisti, amato dalla sinistra brasiliana, immediatamente in caso di vittoria alle elezioni. Mostreremo al mondo il nostro totale ripudio e impegno nella lotta al terrorismo. Il Brasile merita rispetto!

Esquerda Brasileira apoiando Assassino Terrorista Italiano Cesare Battisti, amigo e apoiador de assassino é cúmplice no minimo, esta foto estará na casa das familias dos quatro assassinatos na Italia - Pierluigi Torregiani, joalheiro, deixando o filho Alberto tetraplegico, Lino Sabbadin, que trabalhava como açougueiro, Andrea Campagna, agente da DIGOS e Antonio Santoro, marechal da Polícia Penitenciária.

Battisti foi integrante do grupo Guerrilheiro Proletários Armados pelo Comunismo (PAC), na Itália, que fez numerosos assaltos e assassinados nos anos 70.

José Nery (PSOL-PA) e Eduardo Suplicy (PT-SP) e os deputados Chico Alencar (PSOL-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP), claro e o assassino Battisti - (Foto: José Cruz/Agência Brasil)
José Nery (PSOL-PA) e Eduardo Suplicy (PT-SP) e os deputados Chico Alencar (PSOL-RJ) e Ivan Valente (PSOL-SP), claro e o assassino Battisti - (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

De acordo com a assessoria do senador José Nery (Psol-PA), autor do ofício que ajudou o italiano a permanecer no Brasil, o grupo de 16 pessoas que convenceram Lula a decidir pela manutenção do refúgio do italiano. Assinaram o documento os senadores Eduardo Suplicy (PT-SP), Marcelo Crivella (PRB-RJ), Fátima Cleide (PT-RO), Cristovam Buarque (PDT-DF), Paulo Paim (PT-RS), João Pedro (PT-AM), Paulo Duque (PMDB-RJ) e Inácio Arruda (PCdoB-CE), os deputados Ivan Valente (Psol-SP), Chico Alencar (Psol-RJ), Geraldinho (Psol-RS), Luiz Couto (PT-PB), Antonio Carlos Biscaia (PT-RJ), além da Comissão Nacional de Justiça e Paz da CNBB, do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro, Wadih Nemer Damous Filho, e o presidente nacional da CUT, Arthur Henrique da Silva.

Graças a repercussão e a materia do site Italia Salvini escreve a Bolsonaro

Twitter do Vice Primeiro Ministro Matteo Salvini a Bolsonaro, depois de nossa materia do atentado no dia 7 de out de 2018

 Matteo Salvini‏ Conta verificada @matteosalvinimi Seguir Seguir @matteosalvinimi 

Anche in #Brasile si cambia! Sinistra sconfitta e aria nuova! #goBolsonarogo #Bolsonaro @jairbolsonaro #BrasilDecide

Traduzir Tweet 03:09 - 8 de out de 2018

Grato pela consideração de Vossa Excelência, Vice Primeiro-Ministro italiano! um forte abraço aqui do Brasil! "Grazie per la vostra considerazione, Vice Primo Ministro italiano! Un grande abbraccio qui dal Brasile!" Jair Bolsonaro