Campeonato de Seria A da Itália com o Juventus Fan Club de São Paulo

19/08/2018

Cristiano, bem vindo à Itália. Público entusiasta, nunca correspondências simples, decisões de arbitragem discutidas e calafrios. A Juve venceu por 3-2 em Verona, recuperando uma partida que no segundo tempo, durante quase 20 minutos, estava perdendo: gol de Khedira, Stepinski, Giaccherini de pênalti, depois autogol de Bani ou Gol de Bonucci e rede decisiva de Bernardeschi. Não só isso, pouco antes de 90 'o 3-2 do Mandzukic é cancelado pelo árbitro da Páscoa por um erro de mão de sua própria, Cristiano, revisto com o Var. No final decide Bernardeschi, que entra no segundo tempo e muda o jogo . Primeiro com alguma jogada, depois com o desvio em plena recuperação, um gol no minuto 93. A velha Juve, determinada e vencedora, nunca muda, até o fim como dizem eles..

Sim, mas Ronaldo? Ainda não em grande harmonia com seus companheiros, com os quais ele aperfeiçoará os mecanismos, mas ainda dominantes às vezes, capaz de chutar no espelho quatro vezes e mais três na direção da porta. Cristiano chegou perto de marcar com um direito após menos de 18 minutos e antes do intervalo com um tiro alto com a perna esquerda, em seguida, com uma ação pessoal, um tiro em uma assistência por Dybala, um chute lateral rebatido por Sorrentino. Um jogador superior, é claro, recebido como estrelas de rock, com centenas de pessoas ao longo da rede só para vê-lo de perto.

Duas coisas deste primeiro jogo ficaram certa, Cristiano Ronaldo é um grande jogador, mas na Itália não tem time pequeno e os zagueiros são mil vezes superiores aos do Liga Espanhola.

Tudo isto assistimos em São Paulo no Circolo Italiano junto com o Juventus Fan Club.

Com entrevista da ESPN e outra do nosso diretor que publicaremos em breve, pena que assistimos na Rai porque nenhuma televisão Brasileira comprou ainda os diretos da Serie A, como sempre teremos no Brasil que assistir ao Campeonato Jundiaíense, sem ofender a linda cidade de Jundiai que amo de paixão, mas tenha dó e o Cr7 ??