A paciencia esta acabando na Europa

03/08/2019

Estupros, ferimentos graves, homicídios, furtos como nunca se viu, crianças jogadas embaixo de trens...... e os responsáveis? (80%) pseudo refugiados clandestinos. Hoje aconteceu na Alemanha, Mohammed Issa, um sírio com um pequeno histórico criminal, chegou à Alemanha em 2015. Ele esperou a vítima, um alemão sob a casa e matou-a golpeando com uma catana. A vítima disponibilizada aos migrantes um prédio na periferia da cidade de Stuttgart. Estes refugiados o melhor dizer, ex soldados de guerras alheias a Europa, alem de não se inserir na cultura europeia estando destruindo mais de 70 anos de paz levando as populações europeus ao desespero. 

Chegou e ja passou o momento de dizer BASTA

disse hoje via internet in conferencia internacional nosso jornalista Djávlon "A Europa esta farta e a proposta Italiana de trabalhar, este problema nos países de origem esta se reforçando" e ainda "o problema sim e muito grande e será resolvido, o por parte dos governos o por parte dos cidadãos, com riscos de revolução civil". 

Os imigrantes ilegais não devem ser redistribuídos na Europa, eles não devem sair!

"Agora, todos os dias de verão, quando ligamos o noticiário da noite, é sempre a mesma velha história: Sea Watch, Sea Eye, Open Arms e Gregoretti Ship. Conhecemos bem a dinâmica: os criminosos traficantes de seres humanos embarcam nos portos líbios os imigrantes ilegais e, a poucos quilômetros da costa da Líbia, as ONGs vão dar as boas-vindas aos desesperados para levá-los para a Itália e onde mais. Agora entendemos o joguinho, mas honestamente este joguinho cansou tanto nós que fazemos jornalismo e política quanto os cidadãos italianos e Europeus que querem aproveitar as férias de agosto em paz sem ter que ficar atrás das brincadeiras e fake das Ongs todos os dias. As pessoas estão fartas". 

Leia também : Vescovi, associazioni e star: Berlino finanzia l'invasione