Governo Italiano

29/06/2018

Un contratto di Governo tra Lega (un po più a destra, ma vicina ai cittadini e il M5S popolo di web ma non solo, vicino ai cittadini che ha ereditato buona parte degli scontenti a sinistra. In mezzo come Premier Giuseppe Conte un uomo perbene.

La Romagna appoggia il Governo, fatti e non parole, la sinistra lontana dai cittadini.

Abbiamo fatto un sondaggio confermato da site come "Politica e cose" e "Faenzanotizie" che dice "Nella rossa Ravenna, non mancano i sostenitori del nuovo governo. Chi lo ha votato. Chi lo appoggia. Chi apprezza soprattutto le prime mosse di Matteo Salvini: la mano dura contro gli immigrati e l'Europa. Per la stessa ragione, si registrano giudizi critici e duri di quanti temono o avversano il governo M5S-Lega" ma politica e cose, come noi del resto capisce che é arrivata l'ora di cambiare, la sinistra non é più vicino ai cittadini e la destra non reagisce e allora Vai Salvini e Vai Di Maio, poi su Conte una vera sorpresa. E poi se lo dicono i romagnoli che per cambiare politica sono i più lenti, ci possiamo credere, e allora appoggiamo anche noi , ma attenti i cittadini italiani che non vogliono rispondere a domande e si chiudono la bocca, perché chiaramente lontani o delusi dalla politica, sapranno apprezzare il nuovo governo sui fatti, di chiacchiere in Romagna ne sono già state fatte troppe. 

.

Notizie dal Governo

O novo primeiro-ministro italiano, Giuseppe Conte, discursou pela primeira vez no Parlamento e anunciou que irá acabar com "o negócio da imigração" e liderar na Europa uma campanha para o levantamento das sanções contra a Rússia

Durante pouco mais de uma hora e ladeado pelos seus vice-presidentes, Luigi Di Maio (Movimento 5 Estrelas) e Matteo Salvini (Liga), Conte reconheceu não ter experiência política, afirmando ser "um cidadão eleito para assegurar o programa de Governo". São novos tempos, proclamou, e o entusiamo fez-se ouvir no hemiciclo, com a maioria parlamentar a aplaudi-lo 62 vezes, segundo as contas do "El País".

O chefe do Executivo enfatizou a intenção de criar um sistema "automático" e "obrigatório" de repatriamento dos requerentes de asilo na Europa. Conte considerou que os pedidos de asilo aumentaram "desmesuradamente" e "na sombra de uma falsa solidariedade". O acordo de Governo atinge diretamente cerca de 500 mil migrantes que chegaram a Itália de forma irregular nos últimos cinco anos. Além de o número não ser exato, não há acordos de repatriamento com a maioria dos países de origem.

Juntem-se a nós , convida Conte

Giuseppe Conte convidou os partidos da oposição a juntarem-se ao acordo de Governo quando e como quiserem durante a legislatura, sugerindo de caminho que os eixos ideológicos tradicionais morreram. "Chamaram-nos populistas ou antissistema. Bem, são fórmulas linguísticas. Mas se o populismo é a atitude da classe dirigente de ouvir as pessoas, se o antissistema significa tentar introduzir outro sistema melhor, este Governo merece essas qualificações", disse.

Por outro lado, Conte assumiu a intenção de Itália permanecer na União Europeia e de reduzir a dívida, embora sem aplicar medidas de austeridade.

"Chamaram-nos populistas ou antissistema. Bem, são fórmulas linguísticas. Mas se o populismo é a atitude da classe dirigente de ouvir as pessoas, se o antissistema significa tentar introduzir outro sistema melhor, este Governo merece essas qualificações"

Veja a materia completa de HÉLDER GOMES no Jornal Espresso de Portugal