Chape em Turim para nunca esquecer

31/07/2018

Os jogadores da Chapecoense chegaram às 13.40 italianas no aeroporto de Caselle Turim. Na sala de conferências do estádio Olimpico Grande Torino, teve uma coletiva de imprensa para apresentar a partida em que o diretor-geral Antonio Comi será o anfitrião. Ao seu lado, o número um do Chape, acompanhado por Alan Ruschel, o capitão, além de único sobrevivente ainda em atividade. Portanto os jogadores de Chape poderão tocar o afeto da torcida granada pela primeira vez, durante a sessão de treinamento de porta aberta dos brasileiros no gramado da Filadélfia. À noite, então, haverá um jantar oficial entre as duas delegações em um restaurante da cidade. Amanhã à tarde, no entanto, dia do jogo (em caso de empate o troféu será concedido nos pênaltis), poucas horas antes do pontapé de saída o presidente, Follmann, e uma delegação da empresa visitará o Museo del Grande Torino e da lenda granada. Quinta-feira às 11 da manhã último ato desta viagem a Turim, quando os dois jogadores sobreviventes, o presidente de Nes Filho e uma delegação do clube irão até Superga para testemunhar sua proximidade com os Invencíveis do Grande Torino.